Pesquisar
Close this search box.
conecte 5g

Ponta Grossa, Porto Alegre e Curitiba lideram ranking de cidades com melhores políticas para instalação da estrutura do 5G, diz levantamento

Clique para acessar íntegra da reportagem: https://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2022/11/08/ponta-grossa-porto-alegre-e-curitiba-lideram-ranking-de-cidades-com-melhores-politicas-para-instalacao-da-estrutura-do-5g-diz-levantamento.ghtml

Os municípios de Ponta Grossa (PR), Porto Alegre (RS) e Curitiba (PR) lideram o ranking das cidades “amigas do 5G”, ou seja, daquelas com as melhores políticas e pouca burocracia para instalação da infraestrutura necessária à internet móvel de quinta geração.

A lista foi elaborada pela consultoria Teleco, a pedido da Conexis, associação que representa as grandes operadoras do país, após pesquisa entre os 155 maiores municípios brasileiros. O ranking “Cidades Amigas do 5G” substitui o antigo ranking “Cidades Amigas da Internet”.

Para a composição do ranking, foram avaliadas a legislação e as restrições, burocracia, prazo, onerosidade e efetividade para a implantação de antenas e redes subterrâneas ou aéreas. O 5G tem demandado das operadoras a instalação de uma maior quantidade de antenas em comparação ao 4G.

Todas as capitais do país já contam o sinal do 5G puro (standalone), oferecido na faixa de 3,5 gigahertz, que oferece a maior velocidade e menor tempo de resposta. A previsão é que a tecnologia avance no próximo ano para as cidades com mais de 500 mil habitantes e nas regiões metropolitanas.

Destaques

Segundo o ranking, as dez cidades melhores colocadas, ou seja, com as melhores legislações e menor burocracia para facilitar a instalação de infraestrutura necessária à expansão do 5G são:

Ponta Grossa (PR)

Porto Alegre (RS)

Curitiba (PR)

São José dos Campos (SP)

Uberlândia (MG)

Jacareí (SP)

São Paulo (SP)

Joinville (SC)

João Pessoa (PB); e

Chapecó (SC)

Entre os pontos que destacam as mais bem classificadas no ranking estão:

– autorização para instalação de antenas em até 60 dias;

– prazo de validade da licença não inferior a dez anos;

– solicitações são feitas em um único órgão da prefeitura;

– processos e documentação claramente definidos; e

– valores das taxas de licenciamento considerados, pela pesquisa, “razoáveis e condizentes”.

– No ano passado, a cidade de Uberlândia (MG) liderou o ranking e Porto Alegre foi a capital mais bem colocada.

Fale conosco!